Conheça campanhas de solidariedade com imigrantes e refugiados e saiba como ajudar

Ações iniciadas no começo do isolamento social se fortificam e atingem cada vez mais pessoas com o apoio da sociedade civil

0
51
Entrega de doações de cestas básicas e kits de higiene em São Paulo pela África do Coração em parceria com a Cruz Vermelha e Projeto Parabéns no dia 3 de maio de 2020
Entrega de doações de cestas básicas e kits de higiene em São Paulo pela África do Coração em parceria com a Cruz Vermelha e Projeto Parabéns no dia 3 de maio de 2020. (Foto: Divulgação/África do Coração)

ONGs, coletivos, institutos e pequenos negócios têm assumido a linha de frente na assistência aos mais vulneráveis na atual pandemia de coronavírus — e em relação a imigrantes e refugiados não têm sido diferente.

Diante da necessidade de isolamento social imposta pela covid-19, muitas entidades fecharam suas portas fisicamente, mas continuaram suas ações de solidariedade.

Confira abaixo a campanha de cada uma delas e como ajudar. Caso saiba de alguma iniciativa que não esteja nesta lista, por favor informe pelo e-mail blogmigramundo@gmail.com — ela será atualizada à medida que novas indicações surgirem.

Missão Paz

A Missão Paz, em São Paulo, continuam abrigando 65 pessoas de diferentes nacionalidades e contextos de vulnerabilidade social na Casa do Migrante. Para poder continuar garantindo seu funcionamento, a instituição pede doação de alimentos não perecíveis, produtos de limpeza, itens de higiene pessoal ou contribuições em dinheiro para a compra do necessário.

Quem quiser ajudar pode usar o PagSeguro, fazer uma transferência bancária ou ir entregar pessoalmente os produtos na Rua Glicério, 225, mas antes é preciso ligar para (11) 3340-6950.

Nome Fantasia: Casa do Migrante
Razão Social: Pia Sociedade dos Missionários de São Carlos
Banco Bradesco
Agência: 515-0
Conta corrente: 34123-1
CNPJ: 62.806.682/0004-24

África do Coração

A ONG, fundada e composta por imigrantes e refugiados, vem promovendo diferentes ações de distribuição de kits de limpeza e alimentos em São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná. Na último dia 10 de maio, por exemplo, 180 cestas foram entregues na capital paulista e 500 diferentes cidades do sul.

A ONG pretende ainda realizar distribuição também nas outras três cidades em que tem representação — Florianópolis, Brasília e Rio de Janeiro. Contatos podem ser feitos pelo email contato@africadocoracao.org ou WhatsApp (11) 96737-8710.

Africa do Coração
Banco Bradesco S.A
Agência: 0515
Conta: 0005122-5
CNPJ: 25.224.617/0001-11

CAMI – Centro de Apoio e Pastoral do Migrante

Para amenizar as adversidades enfrentadas por imigrantes e refugiados o CAMI, em parceria com outras entidades, tem arrecadado e distribuído alimentos e kits de higiene. É possível colaborar sendo voluntário nas ações de entrega ou fazendo doações em dinheiro. Mais informações podem ser adquiridas por meio do email servicosocial@cami.org.br ou dos telefones  (11) 3333-0847 / (11) 96882-9547 / (11) 96212-9313.

CAMI – Centro de Apoio e Pastoral do Migrante
Banco do Brasil
Agência: 0383-2
Conta Corrente: 46077-X
CNPJ: 19.122.009/0001-01

Al. Nothmann, 485 – Campo Elíseos
Segunda e Sextas-feiras: 15h00-17:00

CEMIR – Centro da Mulher Imigrante e Refugiada

Sabendo que as mulheres e as crianças são as mais afetadas por situações de violência doméstica, o CEMIR, em São Paulo, também está com uma campanha ativa de arrecadação de recursos para assistir as mulheres migrantes atendidas pela instituição.

As doações podem ser feitas através da conta da organização e por meio de alimentos e produtos de higiene. Caso queira entregar pessoalmente, é preciso entrar em contato (Soledad 11 95845-2979 / Elisete: 11 98616-8700 / cemir.mulherimigrante@gmail.com).

Banco Itaú
Ag. 0440 / CC 20414-7
CNPJ – 29.745.640/0001-02
CEMIR – Centro da Mulher Imigrante e Refugiada

Equipe de Base Warmis

A Equipe de Base Warmis-Convergência das Culturas, coletivo formado por mulheres imigrantes voluntarias em São Paulo, visa garantir assistência para mulheres imigrantes (mães solo, mulheres trans, pessoas com útero e não-bináries) sem acesso ao auxílio emergencial do Governo Federal. O grupo, além de divulgar nas redes sociais informações úteis sobre a quarentena, também fez uma campanha de arrecadação de cestas básicas. Até hoje 170 cestas foram entregues  para mulheres imigrantes em situação de vulnerabilidade. Para mais informações, o coletivo indica suas páginas em redes sociais.

Veja abaixo os dados bancários para ajudar com a campanha (favor enviar o comprovante no e-mail contato@warmis.org)

Banco do Brasil
Agência. 3558-0
Conta Corrente 21.851-0
CPF 233.715.718-07
Elvira Riba Hernández

Talal Culinária Síria

Talal Al-Tinawi e Ghazal Baranbo, responsáveis pelo Talal Culinária Síria, decidiram no início da pandemia distribuir, por conta própria, 300 marmitas para aqueles acima de 65 anos. Hoje, a campanha continua com a ajuda de doações. Cada R$ 20 enviado ao casal corresponde a uma refeição — até hoje, mais de 1.000 marmitas já foram entregues.

Qualquer pessoa pode contribuir com a iniciativa de distribuição de refeições, por meio de depósito bancário. Maiores informações podem ser obtidas junto ao casal por meio do celular/ WhatsApp (11) 96622-1305.

Banco Itaú
agência 0772
Conta 20928-4
Talal Altinawi

PAL – Presença de América Latina

Atuante em ações sociais e de empreendedorismo, a PAL lançou a campanha “Soy Latino, Soy Solidario”, que visa apoiar famílias de imigrantes que foram afetadas de forma mais séria pela pandemia. No final de abril, mais de 1.000 cestas básicas já haviam sido direcionadas para famílias vulneráveis.

Cada cesta básica tem o custo de R$ 60, mas qualquer valor é aceito em doações.

Presença da América Latina – PAL
Banco Itaú
Agência: 8667
Conta corrente: 03888-2
CNPJ: 07.080.188/0001-74

Instituto Adus

Com o apoio do coletivo As Yabás, do Movimento dos Sem Terra (MST), do Instituto Embelleze Grajaú, da Cruz Vermelha de São Paulo, do Restaurante Le Petit Village e de moradores da região central,  voluntários do Instituto Adus realizaram a distribuição de alimentos e produtos de higiene para famílias de imigrantes atingidas pela pandemia.

Além disso, em parceria com a Sodexo, cartões com saldo de R$ 300 serão disponibilizados para 100 famílias de refugiados comprarem alimentos durante a pandemia. Para ajudar a campanha, basta fazer uma colaboração com o valor desejado por meio do site: https://www.catarse.me/ajude_um_refugiado_na_quarentena_c5c7

Bibli-ASPA

Na zona oeste de São Paulo, o centro de cultura e de pesquisa dedicado a temas africanos, árabes e sul americanos está com a equipe e estrutura mobilizadas para promover ações emergenciais de apoio a migrantes, refugiados e moradores em situação de rua durante a crise da covid-19.

A coleta de materiais de prevenção (álcool em gel, luvas, máscaras e aventais), produtos de limpeza e higiene, alimentos não perecíveis, cestas básicas e passes de metrô e ônibus estão sendo recebidos na Rua Baronesa de Itu, 639 – Santa Cecília de quina a segunda das 8h às 17h.
Quem preferir apoiar em dinheiro, basta enviar a quantia desejada para:

Banco do Brasil
Agência 3043-0
Conta Corrente: 12348-2
CNPJ: 08.801.010/0001-38

Asociacion de mujeres inmigrantes Luz y vida

A pandemia tem afetado diretamente os migrantes e refugiado no Brasil e, consequentemente, seu poder de compra. Neste sentido, a campanha visa arrecadar latas de leite em pó e fraldas de todos os tamanhos para famílias migrantes sem recursos. A associação atua em São Paulo.

Para mais informações entrar em contato:
Miriam – (11) 95371-7544
Hiordana – (11) 95131-8676

Arsenal da Esperança

Para manter seu funcionamento, a casa de acolhida localizada no bairro da Mooca, em São Paulo, pede a doação urgente de produtos de limpeza/higiene e alimentos não perecíveis.

Dentro dessas categorias, sugerem arroz, feijão carioca, óleo de soja, farinha de mandioca, açúcar refinado, sal refinado e café. Além de sabonetes (pedra e líquido), álcool 70% (gel e líquido), pasta de dentes (P), papel higiênico, barbeador e espumas de barbear, desodorantes roll-on, cândida, máscaras e luvas descartáveis (tamanhos M e G)

Para mais informações :
Tel. (11) 2292-0977
e-mail: arsenaldaesperanca@sermig.org.br

As doações podem ser entregues no próprio Arsenal da Esperança, na Rua Doutor Almeida Lima, 900 – 03164-000 Mooca – SP. Depósitos também são aceitos:

Associação Assindes Sermig
Banco Santander
Agência 0144
Conta: 13-003147-6.
CNPJ: 62.459.409/0001-28

Português de Acolhimento

Integrantes do Português de Acolhimento da escola Vila Brasil, de Brasília, mobilizaram-se para arrecadar dinheiro e produtos essenciais aos necessitados. Na primeira fase da campanha, com o valor arrecadado, o grupo conseguiu comprar 44 cestas básicas, quatro botijões de gás de cozinha e pagar a gasolina para o transporte até as casas dos alunos, ajudando 36 pessoas.

Quem quiser colaborar ou obter mais informações deve entrarem contato pelo e-mail: acolhimento@cursovilabrasil.com.br ou pelo Facebook facebook.com/cursovilabrasil 

Matres

A campanha da empresa socioambiental destina o valor integral arrecadado ao financiamento e à produção de alimentos orgânicos, garantindo a entrega segura para famílias refugiadas no Distrito Federal durante a pandemia do novo coronavírus.

A contribuição pode ser feita na quantia de R$ 340, o que corresponde à cota mensal, ou de R$ 85 para uma cesta avulsa.

Para ajudar, basta fazer seu cadastro on-line como co-agricultor solidário em renata828510.typeform.com/to/SwbMnQ

Paróquia da Pompeia/Cibai Migrações

Por avaliar que os migrantes estarão entre os principais afetados pela paralisação das atividades econômicas durante a pandemia, o Cibai Migrações, missão da igreja católica que atua em conjunto com a Paróquia da Pompéia, em Porto Alegre, lançou campanha “Somos um só planeta. A vida vale mais”. O objetivo arrecadação de alimentos para migrantes

As doações de alimentos podem ser feitas diretamente na Paróquia da Pompeia, na Rua Barros Cassal, número 220, no centro de Porto Alegre. A igreja também busca os donativos, desde que seja acionada pelo telefone (51-98450 9153).

Cidade Invisíveis

O intuito da campanha é distribuir cestas básicas nas comunidades Frei Damião e Morro da Mariquinha e em um centro de acolhimento de imigrantes e refugiados em Florianópolis. Em três dias foram arrecadados mais de R$ 15 mil e compradas 300 cestas básicas. Doações podem ser feitas através de transferências para a conta abaixo:

Banco Sicoob n. 756 
Ag 3258 
CC 6145-0
CNPJ 20812195/0001-81
Projeto Cidades Invisíveis

Atendimento ao Migrante – CAM

Desde a confirmação do primeiro caso de contaminação por coronavírus em Caxias do Sul (RS), o CAM tem promovido ações para ajudar imigrantes e refugiados que recorrem à entidade em busca informações e assistência.

Para além de cestas básicas, pede-se também leite, frutas, verduras e produtos de higiene pessoal e de limpeza.

Para mais informações sobre a campanha e como ajudar: e-mail aesc.cam@aesc.org.br, o telefone (54) 3027-3360 e WhatsApp (54) 99107-8434.

 Associação dos Amigos de Juiz de Fora – Aban

A Associação está recebendo doações de alimentos e materiais de limpeza para distribuir aos refugiados que vivem na cidade e foram atingidos pela crise econômica causada pelo novo coronavírus.

Quem puder colaborar deve entregar alimentos e materiais de limpeza no laboratório Neolab na Avenida Olegário Maciel, nº 2131, Bairro São Mateus.

Arquidiocese de Manaus

A iniciativa da Arquidiocese de Manaus, em conjunto com outras pastorais, visa assistir populações mais vulneráveis durante a crise da COVID-19. Além dos imigrantes, Campanha Solidária: Puxirum Manauara atende população em situação de rua, indígenas e catadores de materiais recicláveis.

As doações de roupas, alimentos e materiais de limpeza/higiene podem ser entregues, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, na sede da Cáritas Arquidiocesana na Avenida Joaquim Nabuco, nº 1.023, Centro de Manaus.

Quem quiser contribuir em dinheiro, basta fazer um depósito.

Cáritas Arquidiocesana de Manaus
Banco do Brasil
Agência: 1862-7
Conta Corrente: 7570-1
CNPJ:04.209.813/0001-47

Mawon

Atuante no Rio de Janeiro, a ONG Mawon desenvolve uma série de ações de promoção a imigrantes e refugiados. E conta desde 5 de maio com uma campanha de financiamento coletivo para apoiar famílias de imigrantes em situação vulnerável.

Para arrecadar fundos, a ONG está vendendo rifas de R$ 10 da linda mochila da Dior Thiam, marca de roupas e acessórios africanos do senegalês Ousmane Mbaye, participante do Empregadorismo — um dos projetos da Mawon.

As doações podem ser feitas pela plataforma Vakinha (a partir de R$ 25) ou em qualquer valor por meio de transferência bancária.

Associação Brasileira de Apoio à Integração de Migrantes
CNPJ 29.278.782/0001-07
Caixa Econômica Federal
Ag.: 1327
C/C: 00002349-9

Para o caso de doações via transferência, a Mawon pede que seja feito o envio de um e-mail para contato@mawon.org confirmando o valor doado, nome completo e CPF do doador.

IMDH

O IMDH (Instituto Migrações e Direitos Humanos), com atuação no Distrito Federal e em Roraima, é uma das referências no atendimento e orientação a imigrantes nos dois Estados. Para manter as operações, a entidade disponibilizou dados bancários para captar doações

Instituto Migrações e Direitos Humanos
Banco do Brasil
Agência 1419-2
C/C 121.578-7
CNPJ: 03.591.517/0001-90


*Venha ser parte do esforço para manter o trabalho do MigraMundo! Conheça nossa campanha de financiamento recorrente e junte-se a nós: https://bit.ly/2MoZrhB

*Que tal receber notícias do MigraMundo diretamente em seu WhatsApp? Basta acessar este link e entrar em nosso grupo de distribuição de conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.