Fim de semana em São Paulo terá bazar em prol de refugiados

0
185

Nos dias 11 e 12 de abril, o Instituto de Reintegração do Refugiado (Adus) promove em São Paulo um bazar beneficente com a venda de comidas típicas preparadas por refugiados sírios. Os preços variam de R$2 (unidade da esfiha) a R$ 25 o quilo do homus.

Pratos típicos da culinária  síria que poderão ser encontrados no bazar. Crédito: Divulgação
Pratos típicos da culinária síria que poderão ser encontrados no bazar.
Crédito: Divulgação

Além dos pratos típicos, serão vendidos roupas, bolsas, sapatos e livros – todos doados por voluntários ou demais pessoas que se interessaram em dar uma contribuição para o bazar. A página do Adus no Facebook mostra alguns desses artigos que estarão disponíveis (pelo menos até o começo do bazar).

O evento pretende arrecadar fundos para a instituição, que depende de doações e do voluntariado para manter sua atuação. “Gastamos cerca de R$ 2,5 mil por mês e temos uma verba mensal de R$ 1,5 mil”, conta Marcelo Haydu, diretor-executivo do Adus, em entrevista à Agência de Notícias Brasil-Árabe (Anba). “No final do mês, muitas vezes pomos do próprio bolso para arcar com esses custos”, completa, referindo-se aos 170 voluntários que atuam na instituição.

Voluntários contribuíram com doações para o bazar. Crédito: Mafalda Boselli
Voluntários contribuíram com doações para o bazar.
Crédito: Mafalda Boselli

O Adus presta assistência a 300 estrangeiros, entre eles sírios, oferecendo aulas de português, atividades culturais, curso profissionalizante e inserção no mercado de trabalho. De acordo com a entidade, os sírios atualmente são o maior grupo atendido, seguido pelos congoleses. Refugiados e solicitantes de refúgio de outros países da África e Ásia também passam pelos serviços e assistência oferecidos pelo Adus.

Serviço:
Data: 11 e 12 de abril (sábado e domingo)
Horário: 10h às 17h
Local: Rua Rodésia, 398, Pinheiros, São Paulo – SP
Pagamento com dinheiro ou cartão.

Com informações de Adus, Anba e Observatório do Terceiro Setor

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.