Livro gratuito traz reflexões da academia e da sociedade sobre impactos da Covid-19 nas migrações

Disponível em formato online, obra traz reflexões já realizadas sobre os impactos do novo coronavírus sobre a população migrantes, mesmo com o fenômeno ainda em curso

0
187
Imigrantes durante workshop sobre mercado de trabalho em abrigo provisório na zona leste de São Paulo
Imigrantes durante workshop sobre mercado de trabalho em abrigo provisório na zona leste de São Paulo. (Foto: Alethea Rodrigues - .mai.2020/MigraMundo)

Procurar entender a série de transformações que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), ainda em curso, já provocou sobre as migrações internacionais. E algumas dessas reflexões iniciais estão inclusas no recém-lançado livro “Migrações Internacionais e a pandemia de COVID-19”.

Disponível em formato online e gratuito para download (baixe aqui o seu exemplar), o livro foi lançado durante evento online na última sexta-feira (31), promovido pelo Museu da Imigração.

A obra foi organizada pelo Observatório das Migrações de São Paulo e pelo o Núcleo de Estudos Populacionais Elza Berquó, da Universidade Estadual de Campinas (NEPO/Unicamp). Ela contou ainda com apoio do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Universidade de Cardiff, Ministério Público do Trabalho, Missão Paz e Museu da Imigração do Estado de São Paulo.

“A importância de produzirmos esta publicação — ainda em meio à pandemia — denota o compromisso das instituições e dos/das autores com o conhecimento científico e o diálogo permanente com a sociedade”, resume a professora e pesquisadora Rosana Baeninger. Ela é uma das coordenadoras da obra, além de responsável pela coordenação do Observatório das Migrações em São Paulo.

Capa do livro “Migrações Internacionais e a pandemia de COVID-19”.
Foto: Divulgação

Contribuições ‘em tempo real’

Em 638 páginas, o livro traz 67 textos que refletem sobre os desafios e as ações das instituições diante da pandemia, os novos cenários da (i)mobilidade da população, o controle das fronteiras, o aumento da xenofobia contra refugiados e migrantes, entre outros assuntos.

Entre os autores figuram alguns dos principais pesquisadores brasileiros sobre o fenômeno migratório, além de representantes da sociedade civil ligada à temática.

As contribuições contam ainda com relatos pessoais de imigrantes de diferentes origens a respeito da pandemia — da experiência de criar filhos em meio à Covid-19 a planos de pesquisa interrompidos.

O padre Paolo Parise, um dos diretores da Missão Paz, instituição de referência no atendimento e orientação a imigrantes em São Paulo, é um dos organizadores do livro. Ele também destaca a obra como forma inicial de diálogo e de aproximação às realidades geradas pela pandemia.

“Com certeza outras reflexões virão, mas esta primeira contribui para oferecer leituras dos fenômenos quase em tempo real”.

Impactos da pandemia em dados

Além do compilado de reflexões disponível na nova obra, também foi finalizada recentemente uma pesquisa que visa transformar em dados —e subsídio para políticas públicas — o impacto da pandemia sobre imigrantes e refugiados no Brasil.

Os resultados da pesquisa “O Impacto da Covid-19 na Migração no Brasil”  devem ser anunciados no final de agosto. O projeto é tocado por um conjunto de instituições com tradição na produção de dados para políticas públicas voltadas à questão migratória.

A ausência de dados públicos sobre o impacto da pandemia sobre os imigrantes é apontada como um dificultador a mais na luta contra o vírus.


*Venha ser parte do esforço para manter o trabalho do MigraMundo! Veja nossa campanha de financiamento recorrente e junte-se a nós: https://bit.ly/2MoZrhB

*Gostaria de receber notícias do MigraMundo diretamente em seu WhatsApp? Basta acessar este link e entrar em nosso grupo de distribuição de conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.