Microcine Migrante fecha 2015 no mesmo lugar onde começou

0
159

Com colaboração de Eva Bella

O projeto Microcine Migrante, que debate migrações e deslocamentos a partir do cinema, organizou uma maratona de exibições entre os dias 5 e 13 de dezembro em São Paulo. E para marcar o fechamento do circuito – e o último evento neste ano – foi elaborada uma programação especial no restaurante Obrigado Minha Mãe, no bairro do Brás.

O local, aliás, é bem simbólico para o projeto. Foi lá que aconteceu parte do evento de estreia do Microcine, em julho passado. Depois das primeiras projeções, feitas no Museu da Imigração, foi no restaurante onde ocorreu o “happy hour” e a continuação da programação, com música e teatro.

Microcine encerra 2015 com maratona de projeções e debates por São Paulo. Crédito: Viviana Peña/Microcine Migrante
Microcine encerra 2015 com maratona de projeções e debates por São Paulo.
Crédito: Viviana Peña/Microcine Migrante

Para o encerramento da maratona foi escolhido o curta Barcelona ou a Morte, produção franco-senegalesa que levou o público migrante a refletir e a se identificar com as situações vividas pelos personagens do filme – deixar a família no país de origem, ajudar enviando dinheiro, entre outros casos.

Além da projeção, dois grupos musicais se apresentaram: os Cambamberos, grupo colombiano que trouxe ritmos tanto da casta caribenha do país como do Pacífico; e o Sayaafro Boliviano, que faz jus ao nome misturando música afro e boliviana.

Após as projeções, muita música, dança e festa. Crédito: Eva Bella/MigraMundo
Após as projeções, muita música, dança e festa.
Crédito: Eva Bella/MigraMundo

A mostra do Microcine passou por uma série de outros locais de São Paulo. Parte delas foram abertas e em praça pública, para dialogar com um grande público; outras, realizadas dentro de instituições de apoio ao migrante, tiveram sessões fechadas e voltadas para o público interno desses locais.

A ideia é de continuidade do projeto para 2016.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.