Novos quinhentos

0
201

Sim, com este texto o MigraMundo atinge a marca de 500 posts.

Iniciado em 3 de outubro de 2012, o blog procura noticiar e dar visibilidade a um assunto que cresce em importância a cada dia no Brasil e no mundo, mas que não é tratado da forma adequada. Olhar além dos muros do preconceito e dos estereótipos para ver a migração como ela é de fato: uma expressão global do direito de ir e vir, um direito humano.

Enxergue a migração além dos muros do preconceito. Crédito: Rodrigo Borges Delfim
Enxergue a migração além dos muros do preconceito.
Crédito: Rodrigo Borges Delfim

Nesse tempo, o MigraMundo pode colher alguns frutos que dão força para a continuidade desse trabalho: voluntários que contribuem com material e compartilhamentos nas redes sociais; as parcerias de conteúdo com os portais Global Voices em Português, Bolívia cultura, Planeta América Latina, CSEM (Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios) e MigraCult; o fato de ter sido um dos únicos veículos da América Latina a fazer a cobertura do WSFM 2014, na África do Sul; e o prêmio de blog Favorito do Público em Português no The Bobs 2014, organizado pela Deutsche Welle.

E os próximos quinhentos reservam surpresas. Por exemplo, já está no ar a Agenda MigraMundo, onde entidades, movimentos e instituições diversas poderão divulgar e registrar seus eventos – atendendo a uma antiga demanda dos leitores. Em breve será possível conferir o novo layout do MigraMundo, que vai permitir maior destaque para o conteúdo publicado e terá serviços adicionais, como newsletter, podcast e vídeos.

Ao ver a migração sem estereótipos, novos horizontes se expandem. Crédito: Rodrigo Borges Delfim
Ao ver a migração sem estereótipos, novos horizontes se expandem.
Crédito: Rodrigo Borges Delfim

Quer saber mais? Basta acompanhar os próximos passos do MigraMundo – no próprio blog, no Facebook, Twitter ou por e-mail.

Mais uma vez obrigado pela confiança e apoio que ajudam a impulsionar o MigraMundo e o levaram a ser considerado uma referência no noticiário sobre migrações no Brasil.

E que venham os próximos quinhentos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.