Parceria entre embaixada e ONG distribui 1.500 cestas básicas para imigrantes em três Estados

Embaixada de Bangladesh e a ONG África do Coração distribuíram alimentos para bengalis e imigrantes e refugiados de outras nacionalidades em SP, PR e RS

0
210
Entrega de doações de cestas no Rio Grande do Sul e no Paraná pela ONG África do Coração em parceria com a Embaixada de Bangladesh. (Foto: Divulgação/África do Coração)

A ONG África do Coração, formada basicamente por imigrantes e refugiados, uniu forças com a Embaixada de Bangladesh no Brasil e distribuiu um total de 1.500 cestas básicas para famílias de imigrantes que vivem dificuldades em razão da pandemia de coronavírus.

A ação, que teve como foco imigrantes bengalis, também beneficiou pessoas de outras nacionalidades e atingiu cidades de três Estados brasileiros: São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul.

Bengalis no Brasil

Segundo relatório do Ministério da Justiça e Segurança Pública, em 2018, as solicitações de bengalis para o reconhecimento do status de refugiado representavam 3% do total de todos os pedidos em trâmite no Comitê Nacional para os Refugiados (Conare). Trata-se de uma imigração recente, mas significativa. Em 2011, houve pela primeira vez registro de solicitações de refúgio de bengalis no país, num total de 74; em 2012, foram 280, em 2013, 1830.

Em 2014, a Polícia Federal registou o maior de entrada de bengalis no Brasil até então, possivelmente em razão das eleições do final de 2013 no seu país, que produziu muitos conflitos e, consequentemente, emigrações.

O sul do Brasil desde o começo recebeu boa parte desses imigrantes. Parte disso se deve ao fato da região ter grandes redes frigoríficas que exercem a atividade de abate Halal, na qual animais são mortos para consumo de acordo com a lei islâmica. Como cerca de 85% da população de Bangladesh segue o Islã, muitos puderam ser empregados nessas empresas, o que não aconteceria em frigoríficos convencionais.

Cientes da vulnerabilidade que os imigrantes e refugiados estão sujeitos, principalmente, em tempos de pandemia e crise econômica, a Embaixada de Bangladesh no Brasil propôs uma pareceria com a ONG África do Coração, fundada e composta por imigrantes e refugiados.

A maior parte das cestas foi encaminhada para residentes do estado paulista, enquanto as demais foram para três cidades paranaenses – Jaguapitã, Londrina, Rolândia – e quatro gaúchas – Passo Fundo, Nova Araçá, Lajeado e Montenegro. No total foram 500 famílias apoiadas nos dois estados.

“Agradeço muito a Embaixada de Bangladesh e o governo do país. Não só aqui no Brasil, mas outros países nos quais há representação diplomática o governo ajudou”, ressaltou o bengali Khairul Islam, que ajudou a fazer a ponte entre as instituições.

Zulfiqar Rahman, embaixador de Bangladesh no Brasil, durante a entrega de cestas básicas a bengalis e imigrantes de outras nacionalidades em São Paulo.
(Foto: Divulgação/África do Coração)

Planejamento de ações

A ONG, que vem realizando campanhas solidárias desde o começo da pandemia, conta com equipes no Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo que ajudam na captação de recursos e na distribuição do que for arrecadado.

Para conseguirem mapear onde estão os refugiados e imigrantes que precisam de ajuda com alimentos, a organização criou um formulário online.

Acesse aqui o formulário.

A ideia é que as cidades que têm 50 ou mais residentes inscritos no formulário recebam uma visita de algum representante com as doações.

“Estamos planejado via nossa campanha distribuir para o Distrito Federal, Santa Catarina e Rio de Janeiro até final deste mês de maio”, disse o congolês Jean Katumba Mulondayi, presidente e fundador da organização. “É um trabalho de formiga, mas é assim que a gente faz”.

“Estamos fazendo tudo o que podemos, estamos lutando”, completa Khairul.

Como colaborar

Para maiores informações e sobre como colaborar com as ações, contatos podem ser feitos pelo email contato@africadocoracao.org ou WhatsApp (11) 96737-8710.

Contribuições em dinheiro podem ser feitas via depósito ou transferência bancária para os dados abaixo

Africa do Coração
Banco Bradesco S.A
Agência: 0515
Conta: 0005122-5
CNPJ: 25.224.617/0001-11


*Venha ser parte do esforço para manter o trabalho do MigraMundo! Conheça nossa campanha de financiamento recorrente e junte-se a nós: https://bit.ly/2MoZrhB

*Que tal receber notícias do MigraMundo diretamente em seu WhatsApp? Basta acessar este link e entrar em nosso grupo de distribuição de conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.