Refugiado sírio lança campanha para abrir restaurante em São Paulo

6
226

Engenheiro mecânico de formação, o refugiado sírio Talal Al-Tinawi encontrou um novo campo de trabalho no Brasil, onde chegou no final de 2013. Com dificuldades para validar o diploma por aqui, viu no ramo gastronômico e no gosto do brasileiro por culinária árabe uma alternativa para ganhar a vida. E e que agora deverá ser ampliada, com a ajuda de uma campanha de financiamento coletivo.

Acesse aqui o link para a campanha

O Talal Cozinha Síria, serviço de comida síria por encomenda, surgiu praticamente por acaso, no final de 2014. Foi quando recebeu em casa um grupo de amigos voluntários do Adus, instituto que trabalha com refugiados em São Paulo – incluindo o próprio Talal. Os pratos e petiscos preparados por ele fizeram sucesso e levaram Ana Claudia Madaleno, uma das voluntárias do Adus, a sugerir que Talal transformasse a culinária síria em negócio.

Talal Cozinha Síria durante a Festa do Imigrante 2015, em São Paulo. Crédito: Divulgação
Talal Cozinha Síria durante a Festa do Imigrante 2015, em São Paulo.
Crédito: Divulgação

Depois da festa, ele não parou mais de cozinhar. E além das entregas, Talal já participou de vários eventos: entre eles estão a mais recente Festa do Imigrante, em São Paulo; aulas de culinária e bazares promovidos periodicamente pelo Adus (o próximo será neste final de semana, nos dias 8 e 9); e os jantares na Mesquita do Pari durante o Ramadã – período no qual os muçulmanos jejuam durante o dia e se alimentam somente à noite – onde atendeu cerca de 400 pessoas.

Talal conta que esfihas e kibes ainda são os itens mais pedidos, mas que já é possível notar uma mudança “Depois que fiz o cardápio, as pessoas tem se interessado por outros pratos”.

Esse interesse crescente levou Talal a preparar a expansão do negócio, com a abertura de um restaurante de comida síria. “Com um local fixo, a comercialização e visibilidade dos produtos ficariam mais acessíveis e eu teria uma estrutura melhor para elaboração de pratos mais complexos, diversificando o cardápio”, explica.

Kibes, esfihas e charutos de uva estão entre os quitutes disponíveis no Talal Cozinha Síria. Crédito: Divulgação
Kibes, esfihas e charutos de uva estão entre os quitutes disponíveis no Talal Cozinha Síria.
Crédito: Divulgação

Para isso ele lançou uma campanha no site de financiamento coletivo Kickante, com a ajuda de voluntários do Adus. A campanha vai até 21 de setembro e, como em outras plataformas de crowdfunding, inclui recompensas para quem colaborar – no caso do Talal Cozinha Síria elas incluem almoço grátis no futuro restaurante, festas e cartões de desconto válidos por até um ano.

Na página da campanha, Talal lista alguns dos itens necessários para o restaurante (e o custo de cada um), como fogão, geladeira, batedeira, máquinas para moer carne e fazer suco, entre outros equipamentos.

Com restaurante físico, Talal pretende expandir negócio e deixar serviço de culinária síria ainda mais acessível. Crédito: Rodrigo Borges Delfim
Com restaurante físico, Talal pretende expandir negócio e deixar serviço de culinária síria ainda mais acessível.
Crédito: Rodrigo Borges Delfim

Voluntários do Adus ainda ajudam Talal na difícil tarefa de lidar com a burocracia brasileira para formalizar o negócio – problema que afeta outros empreendedores e micro e pequenos empresários no país.

No vídeo abaixo, Talal conta um pouco da própria história e pede ajuda dos fãs de comida síria para alcançar o objetivo de abrir o restaurante.

Talal Cozinha Síria
Contato e encomendas: (11) 96622 1305
Facebook: acesse aqui
Campanha: clique aqui
Cardápio: acesse aqui

6 COMENTÁRIOS

  1. Really?! Voce eh o cara mais determinado que eu ja encontrei no brasil no momento. Enfim, espero que vc fale portugues e que voce seja bom mesmo… Pq eu vejo uma oportunidade pra vc no brasil (alias, em qualquer lugar).
    Procure AULAS de comida siria. Eu mesmo AMO cozinhar e nao tenho o nivel de cozinha siria que eu poderia, mesmo sendo uma das minhas comidas favoritas (acredite, no Rio de Janeiro temos MUUUUUITOS restaurantes sirio/libaneses, mas em NYC, onde tenho que morar agora, nao temos nada como no rio… ou em SP…. Se voce puder ENSINAR!!!
    Se vpce eh tao bom quanto eu imagino ue eh (e, cara, voce eh! Eunao te encontrei por acaso), ensinne isso que voce sabe, procure o pessoal da siria! eles vao te dar ideias! E quuando puder, por favor, post on internet, and let me know!
    Receitas basicas… qualquer coisa do genero, bem ensinada e bem flaada sao ouro!!!

  2. […] Por Migrando – Engenheiro mecânico de formação, o refugiado sírio Talal Al-Tinawi encontrou um novo campo de trabalho no Brasil, onde chegou no final de 2013. Com dificuldades para validar o diploma no país, viu no ramo gastronômico e no gosto do brasileiro pela culinária sírio-libanesa (que no Brasil é conhecida como “árabe”) uma alternativa para ganhar a vida — e que agora deve ganhar nova dimensão, caso sua campanha de financiamento coletivo dê certo. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.