Rostos e histórias de refugiados e um desabafo

0
263

Por uma coincidência, a jornalista independente Rafaela Carvalho está em Budapeste bem no momento em que a capita húngara recebe milhares de pessoas que buscam refúgio na Europa.

São pessoas que não têm mais casa, às vezes sequer contam com água e comida suficientes. A única coisa que ainda possuem é esperança de recomeçar a vida longe de guerras, perseguições e outras mazelas que as arrancaram do mundo que conheciam.

O desabafo de Rafaela com a situação vivida pelos refugiados que chegam à Europa – e que deve ser estendido a todos os deslocados mundo afora – pode ser acompanhado nesse vídeo abaixo.

É preciso transformar a indignação com a situação desumana dos que se deslocam em força para agir. É o mínimo que o mundo ainda pode fazer em respeito a pais, mães e filhos que buscam dar continuidade ou recomeçar vidas que as injustiças que assolam a humanidade insistem em querer abreviar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.