São Paulo dá pontapé inicial para a COMIGRAR; Manaus é a próxima etapa

3
164

A 1ª Conferência Municipal de Políticas Para Imigrantes, encerrada no último domingo em São Paulo, marcou também o início das mobilizações em torno da COMIGRAR, que deve acontecer em 2014 também na capital paulista.

1464770_218252051687384_1641431223_n

Além da definição das 57 propostas e dos 50 delegados que representarão São Paulo na etapa nacional, a Conferência paulista também foi o palco de lançamento da plataforma online da COMIGRAR. O objetivo da ferramenta é atuar como ambiente de intercâmbio de informações, esclarecimento de dúvidas, disseminação de regulamentos e procedimentos relativos ao processo das Conferências, além de canal para o envio de propostas e informações sobre delegados e representantes indicados.

Dentre as funcionalidades estão o Fórum Livre, para discussões online, a Rede Social Comigrar, na qual é possível convidar amigos e criar comunidades, uma Agenda de Eventos, e a Migragoteca, para compartilhar textos, imagens e vídeos, além dos repositórios de conteúdos oficiais das Conferências Preparatórias.

A COMIGRAR terá cinco eixos temáticos, que são:

• Igualdade, oportunidades e acesso a direitos
• Violações e Proteção de direitos
• Cidadania Cultural e diversidade
• Integração social, econômica e produtiva
• Participação social

E o primeiro dos eventos de mobilização diretamente ligados à COMIGRAR acontece durante toda esta quarta-feira em Manaus, cidade que também entrou na pauta das migrações com a recente chegada de pessoas vindas em especial do Haiti.

Existe ainda a expectativa de que a oficina servir de base para realização de uma futura Conferência municipal sobre migrações e refúgio na capital amazonense.

Mais informações sobre a oficina em Manaus e outros dados sobre a Conferência Nacional podem ser obtidos na página da COMIGRAR e também por meio do MigraMundo em futuros posts.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.